Mais Colunistas

O que você achou do que leu na coluna? Comente

MANTENHA AS ENERGIAS DURANTE A GESTAÇÃO

Uma dica nutritiva, saudável e leve para ajudar as gestantes a atingir as necessidades de nutrientes e manterem-se bem hidratadas durante toda a gestação.


SUCO MARAVILHA


(suco de beterraba, cenoura e laranja) 


INGREDIENTES


Beterraba crua (cerca de 75g)


1 cenoura crua (cerca de 95g)


2 1/2 copos de suco de laranja (500ml)


Açúcar a gosto


MODO DE PREPARO


Lave e pique a beterraba e a cenoura


Bata no liquidificador junto com o suco de laranja e açúcar


Coe e sirva


RENDIMENTO: 3 porções


Valor nutricional por porção:


Energia: 160 kcal


Carboidrato: 39g


Proteína: 2g


Lipídio: 0,4g

O que você achou do que leu na coluna? Comente

DICAS PARA UMA GESTAÇÃO MAIS SAUDÁVEL E ELEGANTE

A IMPORTÂNCIA DO SUCO CÍTRICO


Após a refeição, um copo de suco de laranja, limão ou qualquer fruta cítrica ajuda o organismo a absorver melhor o ferro contido no alimento.


LÁCTEOS


Evite alimentos lácteos durante as principais refeições, pois estes contém cálcio, que inibe a absorção do ferro, indispensável para a saúde da mamãe e do bebê.


VARIZES


Alguns fatores contribuem para o aparecimento de varizes, tais como a idade (a partir dos 30 anos), histórico familiar, obesidade, exposição ao calor excessivo e, também, a gravidez. Portanto, nem sempre é possível escapar delas.


Os obstetras aconselham as grávidas a ficarem com as pernas elevadas na altura do quadril, não apenas para minimizar o inchaço, mas também para dar uma forcinha para o sangue que deve subir pelas veias das pernas, ao contrário do que manda a lei da gravidade. Com a explosão da progesterona (hormônio que dilata as veias) e a compressão das veias do abdome, os obstáculos para o sangue são maiores, por isso as veias podem se enfraquecer. Então, pernas para cima já!


COMA QUEIJO PARA EMAGRECER


Estudos demonstram que o queijo (todos os tipos) ajuda no emagrecimento devido à uma substância chamada CLA (em português ácido linoléico conjugado). Ainda atua na prevenção do câncer de mama, no de próstata, colo- retal e de estômago, além de nos fornecer o cálcio e proteína fortalecendo o sistema imunológico.



O que você achou do que leu na coluna? Comente

ATIVIDADE FÍSICA DURANTE A GESTAÇÃO

As atividades físicas durante a gravidez têm muitos benefícios para a gestante, como a redução de peso, e, principalmente, a redução dos riscos de parto prematuro e diabetes, além de diminuir a ansiedade e ser uma ótima opção de lazer.


DICAS DE ATIVIDADES QUE A MAMÃE PODE FAZER:


Caminhar, yoga, dança, natação, hidroginástica, são atividades de baixo risco, lembrando, sempre com orientação médica!


 

O que você achou do que leu na coluna? Comente

ABORTO

Olá, mamães, vamos falar sobre aborto, um assunto delicado, um tanto quanto chato, pois qual a mãe que está sonhando com a maternidade vai querer falar sobre o assunto? Pois é, mas devemos falar para tirar dúvidas e aliviar medos.


O que é o aborto?


É o ato de o organismo encerrar uma gestação que não era reconhecia, ou pela morte do feto ou embrião, através da expulsão ou remoção prematura deste.


É comum?


Uma a cada seis mulheres não completam a gestação (16,6% das gestantes brasileiras), de acordo com a revista Crescer, ocorrendo, então, o aborto. Geralmente o aborto espontâneo ocorre nas primeiras 16 semanas de gestação, sendo até então “normal”. Muitas mulheres abortam sem ao menos saber que estavam grávidas.


Causas


É muito difícil saber o porquê de um aborto, pois são muitas as possíveis causas e poucas são as certezas. Muitas vezes ocorre por anomalias genéticas, má formação do feto, infecções no útero, problemas hormonais, anormalidades cromossômicas.


Um cérvix  incapaz (parte baixa do útero), algumas vezes causa um aborto. Durante o trabalho de parto, o cérvix dá abertura para permitir que o bebê saia do útero e passe através da vagina, e, quando começa a aumentar a abertura muito cedo, pode resultar em abortamento. Muitas vezes, se o problema é descoberto cedo, pode ser tratado para que a gravidez continue.


Como saber se estou abortando?


Os sintomas de um possível aborto podem começar com um corrimento de cor marrom escura  e sangramentos. A quantidade de sangue pode variar de algumas gotas a uma hemorragia intensa.


- Dor parecida com a cãibra, no baixo abdome.


- Secreção abundante, sem sangue ou dor. Isto pode significar que suas membranas se romperam (sua bolsa d"água estourou).


- Pode ser percebido algum material sólido passando através do canal vaginal. Tente guardar este material para seu médico examinar.


- É possível que não tenha sangramento ou dor, mas o feto pode ter morrido e os sintomas da gravidez já não existam mais. 


Tipos de aborto


O aborto torna-se completo se o sangramento e as cãibras continuarem e o cérvix começar a se abrir. Um abortamento completo significa que o feto morreu e nada pode ser feito para impedi-lo de sair. O útero expele inteiramente seu conteúdo. Este é chamado de aborto completo.


O abortamento é incompleto se somente uma parte do conteúdo for expelido. Uma dilatação e curetagem, ou procedimento de sucção, pode ser exigido para remover o restante do feto e da placenta. Nestes procedimentos o cérvix é aberto e o tecido é cuidadosamente raspado ou sugado.


O aborto incompleto pode trazer riscos a sua saúde, podendo causar uma infecção.


Depois de um aborto


- Sua recuperação levará de 4 a 6 semanas.


- Pode apresentar um ponto sensível e desconforto por alguns dias.


- Pode ainda apresentar sintomas de gravidez e seus seios ainda secretarem leite.


- Exercícios de baixo impacto, como a caminhada ou natação, não irão ferir. Exercite-se mais à medida que sentir-se melhor.


- Normalmente seu médico verificará sua recuperação dentro de algumas semanas, através de exames.


PROCURE UM MÉDICO QUANDO:


Se esta grávida e tem sangramentos, sentindo ou não dores.


OU SE ESTIVER SE RECUPERANDO DE UM ABORTO


- sangramento intenso


- febre


- calafrio


- forte dor abdominal


 


 


 


 

O que você achou do que leu na coluna? Comente

DENTIÇÃO

Você está grávida e é só sorrisos, então não descuide dele e preste muita atenção aos cuidados com os dentes e as gengivas. "Durante a gestação ocorrem várias alterações no organismo da mulher que, associadas a algumas mudanças nos hábitos de vida, podem levar ao aparecimento ou agravamento de problemas dentários", ensina Ana Karla Ribeiro, cirurgiã-dentista de São Paulo. Saiba o que há de verdade e mentira sobre a saúde bucal da grávida.




  1. Grávida nunca pode fazer raio -X dentário? Mentira.


  2. O bebê rouba o cálcio da mãe e isso enfraquece os dentes?Verdade. É por isso que a ingestão de cálcio deve aumentar na gravidez. Em geral, a alimentação enriquecida com cálcio (leite e seus derivados) dá conta dessa necessidade.


  3. Grávida pode tomar anestesia? Verdade. Os anestésicos locais podem ser usados desde que não tenham substâncias vasoconstritoras 


  4. Gestantes não devem extrair dentes? Mentira. A não ser que se trate de uma cirurgia mais demorada, como a extração de um dente incluso que não apresenta problema, o ideal é deixar para depois do nascimento, pois evitará o estresse e o desconforto para a grávida.


  5. Grávidas têm mais cáries? Em termos. Está provado, devido às oscilações hormonais, que o ph da boca se torna mais ácido. Além disso, a grávida come mais vezes por dia e, muitas delas, exageram nos doces.


  6. A escovação na gravidez tende a diminui? Verdade. Muitas mulheres enjoam somente ao tocar a pasta de dente na língua e, portanto, acabam deixando de lado a higiene bucal.


  7. Antibióticos durante a gravidez podem fazer mal aos dentes do bebê? Mentira. No entanto, os indicados atualmente não provocam esse dano à criança.


  8. Os vômitos no início da gravidez aumentam a incidência de cárie? Verdade. Comuns no primeiro trimestre, os vômitos deixam o meio bucal mais ácido, perigoso para o esmalte dos dentes. Por isso, depois da indisposição, é necessário fazer bochechos com água para eliminar restos do fluido.


  9. Restauração é um procedimento que deve ser adiado?Mentira. A dor que a grávida sentirá caso tenha um dente com problemas é que faz mal ao bebê, pois o estresse libera no corpo substâncias que atingem o feto. Já a restauração não utiliza nenhum material ou produto que possa prejudicar o pequeno.


  10. Se a mãe tem cáries, o bebê também terá? Mentira.

Atenção


No caso da grávida que tem pressão alta, ela precisa avisar ao dentista, pois essa é uma contra-indicação.


Curiosidade


A boca do feto


Por volta do 24º dia de vida do embrião surge o primeiro projeto do que virá a ser, futuramente, a boca do bebê. Esse "projeto" recebe dos especialistas o nome de estomódio. A partir da sexta semana de vida do embrião, começam a ser formados os brotos dos dentes decíduos (conhecidos como dentes de leite) e os brotos dos permanentes. Ao mesmo tempo, estão sendo desenvolvidos os chamados roletes gengivais. Agora, quando ele lhe der aquele sorrisinho banguela pela primeira vez você já sabe que ele teve a maior trabalheira para esculpir essa obra de arte.


Fonte: Revista meu bebê 


 


 


 


+ Artigos
Mariza Schultz
Mariza Schultz tem 32 anos, é esposa de Fernando Schultz há nove anos e mãe dos pequenos Gustavo Henrique, de cinco anos, e Giovana Thaís, de três. “Depois da chegada deles, descobri minha verdadeira vocação: ser mãe”, costuma dizer ela, com muito orgulho da profissão: mãe e dona de casa. “Nem sempre é fácil, mas certamente é maravilhoso e compensador”. Em Carinho de Mãe, ela divide esta experiência com você.
Todos os direitos reservados © Copyright 2009 - Política de privacidade - A opinião dos colunistas não reflete a opinião do portal